Você sabe menos do que sabe

No livro as 21 lições para o século 21, o autor Yuval Harari, discorre sobre alguns temas muito interessantes e relevantes para esse momento que vivemos mundialmente. Ele diz:


"Embora os desafios não tenham precedentes, e as discordâncias sejam intensas, o gênero humano pode se mostrar a altura do momento se mantivermos nossos temores sob controle e formos um pouco mais humildes quanto a nossas opiniões'.

Ontem em umas das Lives, que estamos realizando no decorrer desta semana, procuramos levar insights para o mercado.

Destacamos que a inteligência emocional é um dos principais pilares do ser humano nesse momento, e por isso, usar de técnicas de autoanálise e reestruturação de hábitos para melhoria da qualidade de vida e consequentemente no trabalho e carreira, faz com que tenhamos lucidez e possamos lançar luz as nossas trevas da incerteza.

Trouxemos a tona, também, um dos outros capítulos abordados por Harari, em que ele destaca o "exagero midiático", tema central do nosso artigo.

Como cita o autor ( HARARI, p.272), a individualidade é um mito, pensamos em grupo, essa é uma vantagem do "HomoSapiens.

Para Stevem Sloman e Philip Fermbach, tratamos o conhecimento do outro como se fosse o nosso, as pessoas se fecham em uma câmara de eco, com os amigos que pensam como eles, fazendo com que suas crenças sejam constantemente reiteradas e, raramente desafiadas.Isso reflete a lealdade ao grupo dizem os autores.

Harari ainda completa, se você quiser se aprofundar em qualquer assunto, vai precisar de muito tempo e, principalmente, do privilégio de poder desperdiçar tempo.

Experimentar caminhos improdutivos é uma das indicações, e abrir espaços de dúvidas e tédio, para que pequenas sementes cresçam lentamente. Para isso é preciso de tempo, só assim encontrará a verdade.

O buraco negro do poder

Poder diz respeito a mudar a realidade, e para isso acontecer, é preciso não enxerga-la como está posta.

Para livrar-se do pensamento coletivo, tão penetrante, é preciso força de propósitos, e uma boa dose de concentração nos seus objetivos, uma paixão determinante, liderar os impulsos automáticos, para se descobrir a sua verdade.

O ser humano, focado em suas existências, interessam-se apenas em suas ilhas particulares, e não em compreender a realidade global.

Respeitar a verdade de si mesmo é tão complexo! temos a tendência a distorcer e criar histórias, além de criar situações convenientes.

Sabemos que tudo está em constante mudança, nada dura para sempre, então, quando conseguimos viver o agora, ou quando exercitamos a meditação, observamos tudo cuidadosamente, fazendo com que a compreensão seja reestabelecida, e vale lembrar que, para o humano, nada nunca vai satisfazer, ou seja, se pararmos de buscar o sentido, assim vamos aliviar o sofrimento.

Nessa epopeia heróica entre ficção e realidade, é uma questão de sobrevivência, então, sugerimos, colocar de lado todos os dogmas e focar na sua própria experiência e com a realidade com a qual realmente está ai. concentre-se em compreender a sua mente, assim já estaremos contribuindo significativamente para um mundo melhor.

Conhece a ti mesmo, é melhor fazermos isso agora, quem somos realmente.

1 visualização0 comentário

Siga-nos nas redes sociais

  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon
  • Branca ícone do YouTube

© 2015 KA Gestão e Negócios

 LKA Gestão de Eventos Cursos e Negócios Ltda-Me  CNPJ: 18.500.164/0001-43

 CADASTUR :02.071553.80.0001-8

Rua Rivadávia Carnaúba, 91, sala 04, Caixa Postal AC 173, empresarial Moura, Pinheiro, Maceió - AL - CEP: 57.057- 260

www.katiaalbuquerque.com.br - falecom@katiaalbuquerque.com.br